quinta-feira, 7 de abril de 2011

MULHERES ESTÃO INSATISFEITAS COM A APARÊNCIA


De acordo com a pesquisa, as mulheres do Sul do Brasil são as mais insatisfeitas com o visual. Os dados também mostram que 97% das mulheres acreditam que a relação profissional sofre influência quando algum aspecto da beleza não está bem.


Rafaela malha para manter a forma. Tem 1,78 metro, 56 kg e não está contente. “Acho que todas acham que sempre tem uma gordurinha para perder”, diz a modelo.

O espelho não é a única referência. A mulher brasileira se compara, olha a amiga, a colega a vizinha e com a quantidade de produtos e serviços que prometem melhorar a aparência, a cobrança acaba ficando maior, a expectativa aumenta na busca pela perfeição. Resultado: 92% das mulheres brasileiras não estão satisfeitas com a própria imagem.

De acordo com um levantamento coordenado pelo pesquisador Bruno Maletta, as mulheres do Sul do país são as mais insatisfeitas, mesmo assim, são as que menos gastam com produtos e tratamento de beleza: R$ 94 por mês.

Nas regiões Norte e Centro-Oeste, elas gastam R$ 118, em média. É no Nordeste que estão as brasileiras mais satisfeitas com o próprio corpo.

“Acho que essa insatisfação não está ligada diretamente a fatores econômicos financeiros. E cultural mesmo, é a cobrança da própria mulher em estar sempre bonita e cada vez mais perfeita”, diz Maletta.

A pesquisa mostrou também que 97% das mulheres acreditam que a relação profissional sofre influencia quando algum aspecto da beleza não está bem.

Ótimo negócio para Ana Maria Castilho, dona de um salão há 40 anos. Ela nunca teve tantas clientes. “Hoje a mulher levanta cedo e já quer ficar bonita para ficar em casa, não é nem pra passear, nem nada”, fala Ana.

Se depender da clientela, motivos para gastar só vão aumentar. “Eu acho que sim, a beleza vem de dentro, mas por fora você tem que caprichar também”, afirma uma cliente do salão.

Fonte: Jornal da Globo (06/04/2011)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário